Vietnã – Contribuição salesiana à Igreja e à população vietnamita

(ANS – Xuan Hiep) – Do norte ao sul do Vietnã, os Salesianos estão ...

República Checa – Encontro das Editoras Salesianas da Europa

Praga, República Checa – abril de 2017 – De 20 a 23 de abril foi realizado em ...

Tanzânia – O Reitor-Mor aos Jovens: “Vocês me dão esperanças de futuro”

(ANS – Didia) – Depois da Santa Missa na Paróquia Dom Bosco, de Mafinga, ...

Venezuela – Dois ex-alunos salesianos vitimados pela violência

(ANS – Caracas) – Está a Venezuela a viver nos últimos tempos uma ...

RMG – O Congresso Internacional ‘Pastoral Juvenil e Família’ apresentado pelo P. Attard

(ANS – Roma) – O Congresso Internacional ‘Pastoral Juvenil e ...

Qual a trama, Senhor, que estás tecendo para mim?

Num dia de protestos e de enfrentamento na Venezuela, dois jovens foram mortos a sangue frio. ...

África do Sul – Padre Chaquisse preside a Via Lucis

Johanesburgo, África do Sul – 16 de abril de 2017 – No âmbito da Visita ...

Freetown, Serra Leoa – 2016 – Estes são rostos de crianças que ficaram sem Pais devido ao ebola: deles cuidam os Salesianos educando-os para a vida. “Rostos que falam! Que falam de futuro!”. 

(Foto: ALBERTO LOPEZ, Procuradoria Missionária Salesiana, de Madri – Espanha)

(ANS – Badajoz) – Um ônibus urbano de Badajoz (Extremadura) foi enviado a Freetown (Serra Leoa) para converter-se em unidade móvel de atendimento a milhares de menores em situação de exclusão que vivem pelas ruas da cidade. Servirá para assistência médica, alimentícia e psicossocial.

(ANS – Lungi) - Ubaldino Andrade Hernández, é um Salesiano missionário que trabalho em Serra Leoa. Durante a exposição fotográfica “Ebola, mais além do ebola”, ele esteve na Casa Geral de Roma. Seu testemunho é uma demonstração de confiança total em Deus. Muitos estrangeiros foram embora com um “medo real da morte”. “Nós decidimos ficar como pais para muitas crianças sem lar”. Vendo as fotos da Exposição, as recordações vêm à memória, seus olhos ficam nublados recordando os momentos vividos. “Ficarmos foi a melhor opção”.

(ANS – Freetown) – A questão dos meninos de rua depois de vários anos de trabalho continua sendo uma tarefa difícil de abordar, tanto para o governo como para as instituições que trabalham sobre os temas de proteção infantil. Depois que 28 meninos residentes foram reunificados às suas famílias em dezembro de 2016, Dom Bosco foi às ruas novamente procurando identificar outro grupo de meninos vulneráveis que pudessem beneficiar-se da hospitalidade e dos cuidados de Dom Bosco Fambul.

(ANS – Freetown) – Suntia é uma jovem residente da ‘Casa de acolhença para meninas’, da Obra salesiana ‘Don Bosco Fambul’, em Freetown, Serra Leoa. Entrou em contato com os Salesianos quando estava a atravessar um momento difícil com seu indigno pai. “Era na época uma vendedora ambulante e pedia esmola para pagar o aluguel e comer. Mas o pai abusava sexualmente de mim”. Esta a história de sofrimento e ressurreição de Suntia.

(ANS – Freetown) – Na tarde de quinta-feira, 1° de dezembro, um incêndio destruiu completamente a assim chamada “Angola Town”, favela situada bem defronte à obra salesiana ‘Don Bosco Fambul’. Ali viviam perto de 300 famílias, num total de 1500 pessoas, em sua maioria crianças e jovens. O “Don Bosco Fambul” – separado da já ex-favela apenas pela rua – salvou-se graças à direção do vento e à proteção de Maria SS. Auxiliadora.

Pág. 1 de 3

ENTREVISTAS

EDITORIAL

  • Qual a trama, Senhor, que estás tecendo para mim?

    Num dia de protestos e de enfrentamento na Venezuela, dois jovens foram mortos a sangue frio. Carlos José Moreno Barón não pôde chegar ao seu destino, foi assassinado quando ia ao campo de futebol. Paula Ramírez Gómez, de 23 anos, foi atingida quando voltada de uma entrevista de trabalho e passava pela Praça San Carlos de San Cristóbal. Ou seja, tampouco ela estava participando dos protestos.

EVENTOS

  • Quênia – Primeiro Congresso dos Salesianos Coadjutores da Região África - Madagascar

    (ANS – Nairóbi) – O primeiro Congresso dos Salesianos Coadjutores da Região Salesiana África – Madagascar foi realizado de 18 a 23 de abril no Centro de Espiritualidade das Irmãs Filhas de Maria Imaculada, em Nairóbi, Inspetoria Salesiana da África Este (AFE), com a participação de 33 Salesianos Coadjutores e 4 Salesianos Padres. O lema que orientou os trabalhos foi “Enraizados em Cristo como Servos dos Jovens no estilo de Dom Bosco”.

APROFUNDAMENTO

MENSAGENS DO REITOR-MOR

  • PARA QUE TENHAMOS VIDA EM ABUNDÂNCIA

    O meu pensamento voa até às numerosas presenças salesianas do mundo, porque o meu sonho é que elas sejam verdadeiros dispensários de vida para muitos jovens, uma vida superabundante, autêntica, válida, que lhes dê dignidade e os ajude a experimentar o grande dom que é Deus nas suas vidas

Video PT

InfoANS

ANS - “Agência iNfo Salesiana” - é um periódico plurissemanal telemático, órgão de comunicação da Congregação Salesiana, inscrito no Registro da Imprensa do Tribunal de Roma, n. 153/2007. 

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".