Argentina – Profissões Perpétuas de três Salesianos

San Justo, Argentina – setembro de 2017 – No dia 16 de setembro no Santuário ...

México – Um novo, forte terremoto sacode o México: os Salesianos começam a organizar os socorros

(ANS – Cidade do México) – O terremoto de 7,10 Richter que atingiu o ...

Vaticano – “Nulla Osta” para a Causa do Padre Rodolfo Lunkenbein e Simão Bororo

(ANS – Cidade do Vaticano) – No dia 7 de setembro, a Congregação das ...

Itália – Encontro dos Secretários Inspetoriais de língua inglesa

Roma, Itália – setembro de 2017 – De 14 a 23 de setembro, realiza-se o encontro ...

República Democrática do Congo – “A criança e o barco”

(ANS – Miti) – Há três crianças que ficaram ...

Itália – 148ª Expedição Missionária Salesiana

(ANS – Turim) – Falta menos de uma semana para a partida da Expedição ...

(ANS - Freetown) – No 14 de agosto um violentíssimo deslizamento causado pelas chuvas torrenciais abateu-se sobre Freetown, capital de Serra Leoa. O número dos mortos chegou, segundo as autoridades locais, a cerca de 1.000, mas provavelmente jamais se chegará a um número definitivo. Duas semanas depois, uma inundação, também devida às intensas precipitações, abateu-se sobre um bairro da capital provocando um milhar de mortos, entre os quais centenas de crianças. Muitas pessoas ainda estão dispersas. O Centro Don Bosco Fambul assumiu logo o serviço de acolhida e proteção das crianças.

(ANS – Freetown) – Uma semana depois que em Freetown as fortes chuvas devastaram tudo e todos, continuam as operações de busca de centenas de desaparecidos que ficaram sepultos na lama. O número de mortos devido a deslizamentos e inundações chegou, na capital da Serra Leoa, Freetown, a 461, segundo a Agência Reuters, que cita o porta-voz de uma fonte local. Entrevistado, o P. Jorge Crisafulli, salesiano missionário em Freetown, raconta a situação vivida neste momento.

Freetown, Serra Leoa –­ 21 de agosto de 2017 ­– Os Salesianos que trabalham em Freetown visitaram as regiões atingidas por deslizamentos e inundações, e os hospitais; e se puseram à disposição do Governo para ajudar na emergência. As calamidades fizeram registrar perto de 500 mortos, 600 desaparecidos e mais de 3.000 deslocados. Desde sexta-feira passada, os Salesianos acolheram mais de 300 crianças e aquelas numerosas mães que aleitam os seus bebês.

(ANS - Freetown) – Enquanto o mundo está a falar dos atentados em várias partes do mundo; das mortes de Barcelona, Espanha; e da situação de insegurança em várias partes da Europa, a morte e a destruição devastam áreas da Serra Leoa, onde em Freetown vivem os pobres e esquecidos. ‘Começamos a receber os sobreviventes", escreveu o salesiano P. Jorge Crisafulli, que com a comunidade salesiana trabalha para ajudar a todas as pessoas que precisam de todo o tipo de auxílio.

(ANS – Freetown) – Freetown, capital da Serra Leoa, situa-se entre as montanhas e o mar, num país com a mais alta taxa de precipitações anuais de todo o Continente. A estação das chuvas sobre a capital da Serra Leoa é muito longa e portanto não surpreende que a cidade esteja habituada a inundações. Mas as chuvas que atingiram a cidade segunda-feira, 14 de agosto, causou perto de 400 mortos, centenas de pessoas desaparecidas. Desolação, pois, e muita... morte. Que fazem, nessa triste conjuntura os Filhos de Dom Bosco? Tal como durante a crise do ebola, foram dos primeiros a responder. E agora empenham-se sobretudo por dar amparo aos menores atingidos.

(ANS – Freetown) – “Certa vez, um guarda nos disse que não podíamos matar as baratas, porque a nossa vida valia menos do que a delas”, conta um presidiário há 4 anos na prisão de Pademba Road, Freetown, Serra Leoa. Ali, a vida dos presidiários, “homens sem rosto”, é uma experiência de sofrimento contínuo; não por acaso, aquela prisão é chamada de “inferno na terra”. Para quem passou por ali, porém, não é fácil viver quando sai. A não ser que haja alguém para ajudar.

Pág. 1 de 5

ENTREVISTAS

EDITORIAL

  • Zona de conforto: NÃO, OBRIGADO! “Prefiro uma Igreja ferida”

    Criou algum choque ver o rosto do Papa Francisco ferido durante a Visita à Colômbia. A pancada na arcada acima da sobrancelha e no rosto, a veste branca suja de sangue. Um pequeno incidente com o Papamóvel que nos sugere quase imediatamente as palavras de Bergoglio e que me inspiraram o Editorial de ANS: “Prefiro uma Igreja acidentada, ferida e enlameada por ter saído pelas estradas, a uma Igreja enferma pelo fechamento e a comodidade de se agarrar às próprias seguranças” (EG 49).

EVENTOS

  • RMG – Padre Tom: “Sou o que sou hoje porque Deus cuidou de mim”

    (ANS - Roma) – Um homem sereno, em paz com Deus e com todos, entre estes os sequestradores, e capaz também de brincar sobre a experiência vivida. Esta é a imagem que puderam ver no Padre Tom Uzhunnalil os jornalistas e os agentes de comunicação do mundo todo que na manhã de hoje, 16 de setembro, se reuniram no “Salesianum” de Roma para ouvir diretamente dele a narração tocante do sequestro e da libertação. Ambos vividos com grande fé em Deus.

APROFUNDAMENTO

  • República Democrática do Congo – “A criança e o barco”

    (ANS – Miti) – Há três crianças que ficaram órfãs de mãe e abandonadas pelo pai; há em Bora, uma jovem que em 28 anos de vida enfrentou muitos desafios além do que acontece normalmente numa vida inteira; há os Pigmeus Mbuti, que embora sendo os mais antigos habitantes da região, quando foi criado o Parque Nacional de Kahuzi Biega, declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, foram expulsos e agora vivem marginalizados; há tanta gente pobre que mora nas áreas rurais próximas de Bukavu, onde o Salesiano P. Pero Gavioli e a Salesiana Cooperadora Lydie Masoka, fazem o que podem para dar um futuro às crianças e jovens mais vulneráveis.

MENSAGENS DO REITOR-MOR

  • ¡CELEBREMOS A VIDA!

    Cada novo início é uma página em branco. Há uma quantidade ilimitada de possibilidades que se apresentam no horizonte quotidiano da vida. É este o dom inestimável a que chamamos tempo.

Video PT

InfoANS

ANS - “Agência iNfo Salesiana” - é um periódico plurissemanal telemático, órgão de comunicação da Congregação Salesiana, inscrito no Registro da Imprensa do Tribunal de Roma, n. 153/2007. 

Este sítio utiliza ‘cookies’ também de terceiros, para melhorar a experiência do usuário e para fins estatísticos. Escorrendo esta página ou clicando em qualquer de seus elementos, aceita o uso dos ‘cookies’. Para saber mais ou negar o consentimento, clique na tecla "Mais informações".